Páginas

quarta-feira, fevereiro 25, 2009

Branca de Neve by Márcia Tiburi....

Uma boa interpretação do imaginário feminino...



Bração...

Olhar as Subculturas

Uma iniciativa Fnac Portugal, Fnac Brasil e Olhares

Atualmente existem inúmeras comunidades de fotografia online que incentivam a um aumento de inspiração e criatividade, bem como o melhoramento da técnica fotográfica. Com mais de 142 mil usuários, a comunidade Olhares.com é considerada a plataforma de língua portuguesa com maior número de fotógrafos cadastrados e com uma galeria de mais de 1.6 milhões de fotografias.

Assim, a Fnac Portugal e a Fnac Brasil associam-se ao Olhares para lançar um desafio aos seus membros: o de olhar e refletir, através da fotografia, sobre o conceito de subcultura. 

De 11 de Fevereiro a 1 de Março a Fnac e o Olhares convidam-no a participar nesta iniciativa. Cada participante pode apresentar 2 a 6 fotografias.

A partir de 26 de Março, todos os trabalhos selecionados serão apresentados sob o nome “Olhar as subculturas”, nas Galerias Fnac em simultâneo em Portugal e no Brasil.

Informações da iniciativa em http://olhares.com/exposicao/subculturas

A exposição será impressa com equipamento Epson de grande formato.

quinta-feira, fevereiro 12, 2009

Pela Ordem.. Senhor presidente...

Vói no Kibe Loco e não resisti... vai aí uma mostra do Plenário em algum lugar... (bem perto de você...)



bração...

quarta-feira, fevereiro 11, 2009

Sobre o exagero tropical de Daniel Piza no "Estadão... "

Em resposta ao Post do Daniel Piza, no Estadão..

Sei lá.. me parece que Carmem marcou uma época e deve ser lembrada por isso.. sua contribuição à historiografia musical da nação é inegável.. claro que< à época, foi usada por ideologias políticas dos nossos "irmãos" do norte para um projeto que lhes interessava.. tanto que logo após o término da 2 Guerra, o tal "south american way" degringolou e a grande profusão de filmes que produziam com esse objetivo diminuiu bastante ou extingui-se ... falou bem, e Carmem mesmo admitia, foi lá para ganhar dinheiro e ganhou! Seu negócio eram BANANAS.. (apesar de ter desejado mudar, mas foi impedida...) Mas sua formação religiosa não permitiu se desvencilhar do esposo que se lhe traduziu em desgraça... e além disso, seu amor pelo Brasil.. apesar de nunca ter se naturalizado (nem aqui nem lá) foi sim uma legítima representante da Música Brasileira, quiçá, dando vez ao tropicalismo... Ah! ouviria sim Carmem muitas horas a fio.. se tivesse músicas dela em casa.. contento, contudo, com as que encontro na WEb... Não, não posso aceitar que seja apenas um "exagero tropical"...

segunda-feira, fevereiro 09, 2009

quinta-feira, fevereiro 05, 2009

Para Refletir...

Em Lucas (13 - 23,24) - Bíblia - , está dito: 
23 - E alguém lhe perguntou (a Jesus): Senhor, são poucos os que se salvam? 
24 - Respondeu-lhes: "Esforçai-vos por entrar pela porta estreita, pois eu vos digo que muitos procurarão entrar e não poderão".

Para refletir... 

bração.. 

quarta-feira, fevereiro 04, 2009

KINDLE 2


Para os leitores de livros eletrônicos, uma boa notícia: A Amazon está lançando na próxima semana uma nova versão do seu leitor eletrônico. Estou pensando trocar o meu Rocket-ebook (modelo 1996) pelo Kindle 2.

Eleição no Congresso Nacional....

A eleição no Congresso Nacional (Câmara e Senado) demonstrou o que já se sabe há dois mil anos:  
como diz a Bíblia: 

Eclesiastes 1:9O que tem sido, isso é o que há de ser; e o que se tem feito, isso se tornará a fazer; nada há que seja novo debaixo do sol.

Ao assitir à reprise da sessão que elegeu a mesa diretora, a figura emblemática de Sarney, velho e carcomido, em todos os sentidos, mostrou bem a cara da política nacional: coronelismo e clientelismo!!! O Velho coronel está de volta e, com ele, seu apaniguados (todos do nordeste, não por acaso, histórico reduto de coronéis...)

Na hora da renovação regredimos!! Será que há uma luz ao final do túnel? 

Ah! hoje vi também a nova imagem de Dilma Rousseff. A paginada parece que transformou as feições da senhor presidenciavel.... mas não creio que tenha mudado o conteúdo... será que teremos Dilma na presidência? 

DILMA ONTEM E HOJE

terça-feira, fevereiro 03, 2009

Justiça Bizarra não é só aqui não..


Saiu no Page Not Found...


Por esta ninguém esperava. Uma instrutora de auto-escola foi retirada de um julgamento por ser "decente e honesta demais". Denise Dawson foi vítima de assalto no qual terminou com o nariz quebrado. Mas o juiz que cuida do caso disse que a sua honestidade e a sua decência atrapalhariam o processo. Assim, a identificação do assaltante que levou o seu laptop não foi validada pela Justiça de Bristol, na Inglaterra. Denise ficou apenas como vítima, não como testemunha.

O argumento do magistrado Jamie Tabor: por ser uma pessoa de caráter inquestionável na comunidade, Denise poderia facilmente manipular os jurados. 

"Denise era uma testemunha particularmente impressionante porque demonstrou coragem, clareza de pensamento e é, indubitavelmente, honesta", afirmou o juiz. 

Bom, resumo da ópera: o réu Liam Perks, que nega ter assaltado Denise, foi inocentado. 

Mas ele não vai ficar impune, pois acabou confessando fazer parte de uma gangue que roubava carros e motos na região. 

A Denise coube a recompensa de 250 libras (cerca de 900 reais) por sua bravura no assalto - a inglesa lutou com o assaltante, que a atacou juntamente com outros jovens. Como essa grana, não dá para comprar um lap novo... Que Justiça bizarra.

segunda-feira, fevereiro 02, 2009

Sentença do TJRJ... é sério!!

Saiu no Blog "O OLho da Rua"..

O Juiz do Segundo Juizado Especial Cível de Campos dos Goytacazes (terra do casal Garotinho, diga-se de passagem...) prolatou sentença no caso que move coidadão contra um estabelecimento comercial (Casas Bahia)... lê-se na setença do sr juiz:

"Na vida moderna, não há como negar que um aparelho televisor, presente na quase totalidade dos lares, é considerado bem essencial.

Sem ele, como o autor poderia assistir as gostosas do Big Brother, ou o Jornal Nacional, ou um jogo do Americano x Macaé, ou principalmente jogo do Flamengo, do qual o autor se declarou torcedor?

Se o autor fosse torcedor do Fluminense ou do Vasco, não haveria a necessidade de haver televisor, já que para sofrer não se precisa de televisão."


Se desejar conferir. veja o site do TJ RJ e faça a Consulta Processual por número >> 1a. Instância >> digitar o número do processo, que é 2008.014.010008-2.