Páginas

segunda-feira, agosto 03, 2009

SENADO

"O senado tem o poder de fechar os olhos, esperar o sono, não ver as coisas, nem sonhar com elas; tem até o poder de ficar admirado, quando acordar e vir que elas cresceram, tais como crescem as plantas, quando dormimos, — ou como nós crescemos também. Todos estes poderes faltam ao simples contador da vida."

Fonte: Crônica, A semana, 1892 - Obra Completa de Machado de Assis. Rio de Janeiro: Nova Aguilar, Vol. III, p. 160, 1994.